A Taverna de Minas levou pelo segundo ano consecutivo outra medalha do Concurso Mundial de Bruxelas realizado no Brasil. Em 2014 a Taverna armazenada em Amburana levou a medalha de ouro, e dessa vez a cachaça armazenada em tonéis de jequitibá recebeu a medalha de prata no concurso mais respeitado do mundo dos destilados.

O Spirits Selection 2015 aconteceu entre os dias 1º e 4 de julho, na cidade de São Paulo, no Brasil.

A etapa brasileira utiliza as mesmas técnicas e ferramentas de avaliação do “Concurso Mundial de Bruxelas”, o maior concurso do mundo na categoria. O corpo de jurados, por exemplo, escolhido por sua experiência e reconhecimento mundial, é formado por jornalistas internacionais especializados, compradores e estudiosos de bebidas adultas. Nesta edição, o corpo de jurados foi formado por 24 profissionais especializados.

As condições para a avaliação das amostras são asseguradas por um rígido controle. Cada detalhe é trabalhado com a mais alta seriedade, assegurando a posição do concurso como o mais importante da atualidade. A chancela do Concours Mondial de Bruxelles & Spirits Selection é importante e honra produtos e provadores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *